Se vocês nunca tiveram uma experiência surreal, experimentem colocar seu nome no Google!

Hoje, além dos esperados comentários sobre minhas atividades astrológicas, descobri por exemplo que tenho uma homônima na Itália que lida com vinhos.

Recuperei alguns poemas que escrevi no passado e que ainda estavam no cemitério de bites e bytes. Mas, o mais impressionante foi ver que meu primeiro livro, um romance de mistério, chamado O Pacto, publicado em 1998, foi pirateado.

Sim, 50 pessoas no 4Share o baixaram em PDF, o que é um número muito alto, se considerarmos que 2 ou 3 pessoas apenas baixaram Eça de Queiroz, Castro Alves e Machado de Assis! Não sei se devo ficar feliz ou infeliz.

Estou absolutamente perplexa.

Talvez seja melhor fazer do limão uma limonada, pois pelo menos o fato serviu de gatilho para que o publico tenha contato com a obra.

Com vocês, meu primeiro romance: O Pacto. Apresento-o através de meu site e com meu consentimento, liberto do subterfúgio da pirataria, apresento-o como estava no 4Share, sem responsabilizar-me por erros e incorreções que porventura lá estivessem, assim como eventuais páginas faltantes.

O livro foi fruto de um momento especial de minha vida: espero que esteja completo e que gostem!

 

Clélia Romano

Janeiro de 2011